Passar para o Conteúdo Principal
 

RCAAP celebrou 10 anos

RCAAP celebrou 10 anos

RCAAP (2)

O RCAAP – Repositórios Científicos de Acesso Aberto em Portugal assinalou o seu décimo aniversário, no dia 17 de dezembro.

O Auditório da Reitoria da Universidade de Coimbra acolheu um dia de comemorações. Assinalando os dez anos do RCAAP, o evento teve como objetivo “reunir toda a Comunidade”, de forma a “partilhar e refletir sobre o passado, o presente e o futuro” deste serviço.

A receção aos participantes ficou a cargo da vogal do Conselho Diretivo da Fundação para a Ciência e Tecnologia, Ana Sanchez, e do Reitor da Universidade de Coimbra, João Gabriel Silva, bem como do Presidente do Conselho Coordenador dos Institutos Superiores Politécnicos, Pedro Dominguinhos.

Os trabalhos prosseguiram com uma apresentação realizada pela diretora do OpenAIRE, Natalia Manola. Sob o tema da Ciência Aberta, a investigadora focou a “construção de pontes sociais e técnicas”, no contexto da European Open Acess Cloud.

Depois de almoço, estiveram em destaque os testemunhos de participantes e utilizadores. Representantes de diversas universidades e politécnicos começaram por contar “estórias da história do RCAAP”.

Depois, João Nuno Ferreira (Unidade de Computação Científica Nacional), Vasco Trigo (ISCTE-IUL), Carlos Fiolhais (Universidade de Coimbra), Isabel Ferreira (Politécnico de Bragança), Pedro Morgado (Universidade do Minho) e Fernanda Olival (Universidade de Évora) partilharam “a visão dos utilizadores” deste serviço.

Seguiu-se uma apresentação sobre os desafios do acesso num espaço de ciência aberta, as estratégias de sustentabilidade em comunicação científica e as inovações tecnológicas possibilitadas, bem como os planos do RCAAP para responder a estes desafios.

A fechar as comemorações, tempo para os “Prémios 10.º Aniversário RCAAP” que distinguiram instituições em diversos critérios: taxa de cumprimento do Depósito Legal, imagem de Repositório, pontuação nos indíces de confiança dos repositórios digitais (segundo a norma ISO 16363) e ainda o número de downloads realizados a partir de origens externas.

Eloy Rodrigues, Diretor dos Serviços de Documentação da Universidade do Minho, foi ainda distinguido pelo trabalho realizado em colaboração com o RCAAP, tendo em conta que, desde 2008, lidera a equipa da Universidade do Minho que colabora ativamente com o RCAAP.